quinta-feira, 28 de novembro de 2013

A FARMÁCIA EM CASA

FARMÁCIA DO SÉCULO XIX


É fundamental termos uma pequena farmácia em casa.
São 3h da madrugada e o filho acorda a dizer que tem dor  nos ouvidos, chora, chora que se farta, o que fazer?
Vai à sua farmácia buscar um analgésico, faz-lhe  umas festas e ás 3h30 minutos a casa está em sossego e todos dormem.
Não tem farmácia , veste-se a correr, vai à net saber qual a farmácia de serviço mais próximo, mete-se no carro e apanha um frio desgraçado.
Chegada à farmácia, depare-se com uma multidão, quer dizer são cinco pessoas , mas aquela hora é  uma conspiração  e sente-se de imediato a vítima.
Resumindo chega a casa ás 4h da madrugada, hora a que começam a cantar os passarinhos e só fica com a casa pacificada quando já passava das 4h 30 minutos.
É indispensável,vai já fazer a lista do que deve ter uma farmácia caseira.


Farmácia Lista:

KIT

Soro fisiológico
Luvas.
Tesoura.
Termómetro.
Compressas esterilizadas e não esterilizadas.
Pensos rápidos de vários tamanhos.
Adesivo anti-alérgico.
Ligaduras normais e elásticas.
Água oxigenada.
Betadine dérmico.
Bepantene pomada.
Paracetamol com diferente dosagem para adultos e crianças.
Paracetamol supositórios (bebés e crianças pequenas).
Ibuprofeno com diferentes dosagem.
Anti-ácidos.
Anti-diarreicos.

A farmácia tem que estar guardada em local a que as crianças não tenham acesso e adultos.
Adultos? Sim adultos, se vai a sua casa a sogra que já têm uma demência, pode acontecer uma desgraça e ainda é acusada de querer matar a sogra!
Têm que regularmente rever o stok e prazos de validade.

HORROROSA, SÓ DE OLHAR FICA-SE DOENTE


GIRA, SÓ DE OLHAR FICA-SE BOM








Enviar um comentário