quinta-feira, 21 de novembro de 2013

TÉNIS UMA DOR DE CABEÇA


Se tem filhos que só usam praticamente ténis, eu entendo o seu desespero.

TODOS COM O MESMO ESTILO
Ténis é sinónimo de problemas e vários.

Se já têm mais de oito ou dez anos, já estão na fase de pertencer a um grupo, o qual tem um conjunto de regras a serem observadas por todos; o não cumprimento dessas regras dá direito a exclusão e marginalização, com todas as consequências que daí podem resultar.
Mas o que é que essa história de grupos, tem a ver com ténis?

E NÃO SÃO MUITOS
Ténis em pré-adolescentes e adolescentes, obriga a comprar as marcas que estão IN. As marcas IN não são propriamente baratas, custam sempre para cima de 100 euros e um par não chega. São precisos vários pares, não é difícil gastar uma pequena fortuna e se tiver mais que um filho, aí é de loucos.
Vá à feira não se endivide. Mas tenha uma conversa com ele, explicando-lhe o porquê de não poder comprar tudo o que lhe passa pela cabeça.

Deve estar muito atenta ao comportamento do seu filho, se notar alguma alteração, tenha uma conversa e vá á escola falar com a directora de turma. Penso mesmo que deve sugerir, que se fale numa aula sobre consumismo e do período que o nosso País atravessa.
Os problemas não só estes, embora este seja o mais sério.
Os ténis, tanto os IN como os OUT, são fonte relevante de pivete, que não é fácil de neutralizar.

Não podem ser usados em dias seguidos, se fizer exercício físico, no fim deve mudar de ténis, os outros estão suados.
Lavar ténis requer algum cuidado para não os estragar, podem ir à máquina, mas num saco próprio, sem atacadores, mas presos uns ao outo.

Só se podem secar ao ar, fontes de calor são a ruína dos ténis.
Se têm muito mau odor, é melhor inspeccionar os pés do seu filho, pode ter uma micose, o vulgarmente  chamado "pé de atleta".

PÉ DE ATLETA
Usar ténis com meias próprias.

O MAIS IMPORTANTE PARA RESOLVER O PROBLEMA DOS TÉNIS É MUITA PACIÊNCIA
 

 
 

ÁS VEZES TAMBÉM ACONTECE
 

 
Enviar um comentário