segunda-feira, 11 de novembro de 2013

AS NÓDOAS DE ÁGUA

As nódoas de água nos tecidos não são complicadas, não dão muita dor de cabeça.




Quando cai água num tecido, uns mancham e outros não, qual a razão?
A explicação é simples.
A água vai provocar uma nódoa nos tecidos que contêm agentes hidrossolúveis, como as sedas, o tafetá o moiré e a seda artificial.
Nessa situação basta molhar toda a peça, que a nódoa desaparece.
Se  a mancha for numa peça que só se pode lavar a seco, com o vapor de aguá de uma panela ou do bico de uma cafeteira, vá fazendo passar o vapor por toda a peça. Se mesmo assim não consegue, provavelmente devido ao tamanho da peça ou porque tem muitas pregas e preguinhas, então a única solução é mesmo abrir os cordões à bolsa e mandar lavar a seco.

Se tiver as paredes com manchas de água, aí o problema já é um bocado mais complicado.

Primeira medida a ser tomada, saber por onde é que a água se infiltra na parede. Reparar o cano que rebentou , ou a janela que não veda convenientemente. Aqui já vai ter que chamar um técnico, para o diagnóstico e reparação.



Quando tudo estiver reparado, esperar que as manchas sequem. Quando estiverem secas, vaporize a zona da mancha com uma solução de 5 partes de água para 1 de lixívia.
Se não conseguir remover, toca a  pintar.
Obrigatório usar luvas.
A situação de manchas de água no tecto e paredes, é mesmo obrigatório serem tratadas. Se adiar, arrisca-se a que a mancha se transforme em mofo.




O mofo é causado por um fungo, que pode agravar a asma, pode despoletar uma asma, aumentar o número de infecções respiratórias, principalmente nas crianças, idosos, grávidas e pessoas com propensão para doenças respiratórias.
Enviar um comentário