quarta-feira, 13 de novembro de 2013

SALDO NEGATIVO, O QUE FAÇO ?


Antes de iniciar a ler este artigo, leia primeiro o artigo deste blog, chamado finanças pessoais.

Exemplo de um orçamento familiar (é fictício), mas se fosse verdadeiro, não era nada mau, apresenta um saldo positivo de 838.
Será verdade?
As contas não têm erros, estão certas, só que não podem ser feitas desta forma, o raciocínio, tem um erro crasso.
Neste mês recebeu subsídio de Natal, logo são menos 2200 euros.
5098 - 2200 = 2898
Na coluna das entradas na realidade só temos 2898 euros.
Os subsídios e quando os há só são 2 vezes por ano.
Na coluna das saídas tem 4260.
Ai, ai, o que é faço?
Novamente contas 2898 - 4260 = - 1362.
Saldo negativo de 1362 euros.

Como corrigir este saldo negativo?
O que aparece a vermelho foi modificado, para se conseguir obter um saldo positivo. O local onde se mexe é uma escolha pessoal, isto é só um exemplo

ENTRADAS DEZEMBRO
   SAÍDAS DEZEMBRO
Salários líquidos
2200
Empréstimo casa
420
Pensões
0
Empréstimo carro
175
Ajudas da S. social
98
Cartões de crédito
Rendas
0
Compras a prestações
50
Juros de investimentos
0
Seguros vários
300
Subsídios
2200
Planos de poupança
0
Rendimentos extra
600
Renda
0
TOTAL
Condomínio
50
Realidade
                2898
Água
25
Luz
100
Gás
20
Tv/net
50
T.M.
20
Alimentação
550
Produto limpeza casa
                    75
Combustível
180
Passe
0
Manutenção carro
250
Vestuário família
100
Propinas
0
Livros escolares
20
Explicações
100
Medicamentos
25
Médico
0
lazer
45
Presentes
100
Salário mulher-a-dias
0
Pagamentos ao estado
150
TOTAL
4260
2898
            2255


Saldo Positivo 643 euros


Ainda sobra, já vou gastar 600 euros, errado.
Deve abrir uma conta poupança e dar ordem ao banco para fazer a transferência bancaria de 300 euros mensalmente, logo no início do mês.
\Acabar de imediato com as compras a prestações.



Põem numa conta poupança:  300 mensalmente =  ( 4200 EUROS/ ANO).
Sobram cerca de 350 Euros para gastar como e onde lhe apetecer






Enviar um comentário