terça-feira, 3 de dezembro de 2013

A ORIGEM PORTUGUESA DO CHÁ DAS CINCO

A ORIGEM PORTUGUESA DO CHÁ DAS CINCO


CHÁ DAS CINCO

CHÁ DAS CINCOA


Chá das cinco, é para todos nós uma instituição tipicamente inglesa.
Mas reza a história que o típico chá do 5 inglês, foi iniciado em Inglaterra por D. Catarina de Bragança, filha do rei português João IV, que casou com o monarca inglês D. Carlos III.
Fazia parte do dote da princesa vários bens e uma caixa de chá.
Essa caixa de chá que viajou de Portugal até às ilhas Britânicas, viria a modificar definitivamente os hábitos dos seus súbditos, tornando-se numa característica inseparável dos hábitos culturais dos ingleses.

Como se difunde em Inglaterra o chá das cinco

A tradição propaga-se amplamente, com a ajuda da Duquesa de Bedford, que segundo uns aproveitava a ocasião para expor os seus sumptuosos serviços de chá em prata e porcelana. Para outros, a duquesa terá encontrado aí uma forma de enganar a fome, enquanto aguardava que o jantar fosse servido.

Os scones e o chá das cinco

SCONES

Fosse qual fosse o motivo, o chá das cinco institucionalizou-se, foram criadas regras de etiqueta e um menu que para além do chá como é óbvio, era composto por torradas com manteiga, mel e compota, bolos, ensanduiches de salmão fumado, pepino ou ovos e os célebres scones. O chá é servido com leite ou uma rodela de limão.
Amanhã vou publicar uma receita genuinamente inglesa de scones, que são a delícia cá de casa.

 Onde tomar o chá das cinco

Se estiver em Londres, pode fazer os chamados dois em um e tomar o chá das cinco na famosa loja Liberty, que não pode passar em branco quando estamos em Londres; aí respira-se o ambiente tipicamente britânico. Está muito bem situada, numa zona central a Regent St. Outro local a visitar é Park Room, uma casa de chá que recebeu o prémio de excelência em 2011 como o melhor salão da Inglaterra. Vale a pena passar por lá.
Se está em Londres experimente como é ser um verdadeiro londrino.





Enviar um comentário