quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

DIAMANTE NATURAL OU SINTÉTICO O DILEMA

DIAMANTES E O GRANDE DILEMA
 
HOPE DIAMOND

Diamante natural ou sintético ?

O diamante desde sempre foi considerado a mais valiosa e a mais bela das pedras preciosas.
O Hope Diamond cujo valor estimado é de 194 milhões de euros, encontrado na India e vendido ao Rei Luis XIV de França, esteve na corte francesa durante cem anos, foi roubado. Reapareceu em Londres e em 1957 é doado ao Museu de História Natural de Washington, onde permanece até hoje.
 Os diamantes Considerados os mais fascinantes e de custo mais elevado das pedras preciosas, sempre estiveram presentes nas jóias da coroa das diferentes famílias Reais, nas jóias dos ícones do cinema, nas famílias de magnates e como era de prever tornaram-se também alvo da cobiça alheia.
Histórias de roubos e crimes estão ligadas a vários diamantes famosos.
O seu elevado valor está em grande parte relacionado com a forma e o tempo como se forma um diamante. O diamante é unicamente formado por carbono, que no interior da crosta terrestre está sujeito a condições de temperaturas extremas e a cargas de pressão, durante milhões de anos.
Em 1954 um físico-químico que trabalhava na General Electric, consegue produzir diamantes, para serem utilizados na indústria.
Recentes avanços tecnológicos permitem criar diamantes sintéticos de elevada qualidade.
DIAMANTE SINTÉTICO

Os diamantes sintéticos são produzidos em laboratório, a partir de carbono puro mimetizando as condições da natureza, só que o tempo necessário para obter um diamante é incrivelmente curto, cerca de 4 dias.
A tecnologia usada no fabrico dos diamantes sintéticos é russa e consegue produzir diamantes idênticos aos extraídos das minas, com o mesmo brilho, variedade de cores e dureza, só que extremamente mais baratos.
Com a expansão do fabrico de diamantes sintéticos, aparecem os diamantes sintéticos feitos da extracção de carbono a partir de uma madeixa de cabelo ou das cinzas de um corpo cremado.
A ideia é fazer um diamante a partir de alguém da nossa família e que se pode transmitir de geração em geração.
Os diamantes sintéticos têm certificado de qualidade com os 4 C de acordo com o sistema internacional de classificação de diamantes naturais. (b cor, corte, qualidade e quilates).
Em resumo não se distingue um diamante natural de um sintético a não ser pelo preço.



 
DIAMANTE NATURAL E SINTÉTICO







Enviar um comentário