quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

A MINHA VIAGEM A PARIS - PARTE I

A MINHA VIAGEM A PARIS



Fui num avião da TAP AIR PORTUGAL, saindo do Porto com destino ao aeroporto de Orly. Estávamos em 2004.

Era Novembro, as temperaturas já eram baixas, mas chegar a Paris, a cidade luz e da arte de viver, logo fez esquecer as baixas temperaturas. Instalamo-nos num Hotel modesto de duas estrelas, o Hotel Innova situado em Boulevard Pasteur, 32, em pleno Montparnasse, muito próximo da estação de metro Pasteur, importante transporte para percorrer a cidade.

O NOSSO HOTEL





 VISTA DO QUARTO DO HOTEL
















A primeira deslocação foi ao museu D’ORSEY , onde a arte e design do século XIX predominam. À entrada do museu, ainda no exterior belas estátuas de mulheres em bronze negro, ladeiam o largo em frente do lindo edifício que outrora foi a estação de caminhos-de-ferro (antiga gare de Orleans) da era industrial e que foi adaptada a museu. Entramos no edifício e ficamos encantados com o elegante tecto em abóboda, todo de vidro e que é original da antiga gare. Depois, o esplendor dos candelabros, colunas de mármore e a exposição de diversas esculturas do século XIX; sobe-se a escadaria e no piso superior as magníficas obras dos impressionistas: Monet, Renoir, Matisse, Degas, Toulouse-Lautrec, Van Gog e muitos, muitos outros. Uma exposição maravilhosa que ninguém que se desloque a Paris deverá deixar de ver. Saídos do museu de D’ORSEY, dirigimo-nos para St. Germain -des –Prés para tomar um café no LES DEUX MAGOTS, o preferido de Picasso e de Hemingway.


E a descrição “da minha viagem a Paris”, continua em próximo episódio…

A MELHOR MANEIRA DE SE DESLOCAR EM PARIS




Enviar um comentário