sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

VINHOS DA SUA GARRAFEIRA VI

VINHOS DA SUA GARRAFEIRA VI


Na última página falamos da Região de Tejo, tendo referidos vinhos de duas as suas sub-regiões: de Almeirim e Cartaxo. Pertencem igualmente à Região do Tejo a sub-região da Chamusca, Coruche, Santarém e Tomar.
Na sub-região da Chamusca temos terrenos calcários, secos e solos de arenáceos. Há predominância de vinhos brancos. Na Adega Cooperativa de Benfica produzem-se alguns vinhos de qualidade, como o Adega de Benfica "Reserva" – produzido por vinificação das melhores uvas das castas Castelão, Tinta Roriz e Alicante-Bouschet e do estágio de 9 meses em barricas de carvalho francês e americano. É um vinho de produção limitada, de sabor suave, intenso e com uma boa persistência final.



O Periquita, um tinto com cor granada intenso e aroma a fruta madura é um vinho bem conhecido. O Fernão Pires é um branco de cor citrina, aromático, com sabor macio e frutado.
Na sub-região de Coruche, com clima sul-mediterrânico, predominam os vinhos tintos jovens e aromáticos, não muito próprios para envelhecer em garrafeira. Os brancos frescos, produzidos através de uma grande diversidade de castas, como a Touriga Nacional, Trincadeira Preta, Fernão Pires, Chardonnay, Cabernet Sauvignon, faz com que os vinhos da região sejam muito apreciados. Da Quinta de Stº André o Horta da Nazaré 2000  e ainda o Solar das Cortes Colheita seleccionada 2003 são vinhos a ter em conta.
Das sub-regiões de Santarém e Tomar, onde existe um relativo equilíbrio entre a produção de vinhos brancos e de vinhos tintos. As castas predominantes são as tintas Syrah, Alicante Bouschet, Castelão, Touriga nacional, Tinta Roriz e Caladoc, mas também as castas brancas Moscatel, Arinto e Fernão Pires. Produzem vinhos de qualidade e permitam informá-los que a  ‘Wine Enthusiast Magazine' seleccionou 10 vinhos portugueses, dos quais quatro pertencem à região do Tejo. Os vinhos escolhidos pela ‘Wine Enthusiast' foram o Casaleiro Reserva Touriga Nacional-Castelão-Trincadeira 2012', (12º lugar no ‘ranking);
seguindo-se o Fiuza Premium Touriga Cabernet Sauvignon 2011, da Fiuza & Bright, (45º posto), o ‘Forma de Arte Reserva Tinto 2009', da Quinta do Casal Monteiro (57ª posição) e ainda da Casa Cadaval, o ‘Padre Pedro Tinto 2010', (74º lugar na lista). São igualmente vinhos que poderá seleccionar para a sua garrafeira.
E agora a sua garrafeira já está bem preenchida, embora em próxima página iremos falar e seleccionar vinhos de duas outras Regiões, Lisboa e Península de Setúbal. Falaremos posteriormente duma das mais afamadas regiões vitivinícolas portuguesas, as terras do Alentejo.




Enviar um comentário