sexta-feira, 15 de novembro de 2013

DESGRAÇA NA COZINHA.

Ia fazer um almoço, que gostamos bastante em nossa casa, arroz de costelinhas com grelos, mas como sou bastante distraída, foi uma desgraça.
Estavam as costelinhas no tacho a estofar lentamente, para ficarem tenrinhas, quando sinto na sala um cheiro a torrado!
Pensei logo, estou sem almoço e sem tacho. Meu dito meu feito, de facto tinha uns torresmos negros e um tacho também negro, como a fome.



O problema do almoço, foi resolvido, indo almoçar fora. Impossível fazer outro almoço, nem que fosse coisa rápida, estava demasiado danada comigo mesma, para fazer fosse o que fosse. Limitei-me a tirar os torresmos e pôr água no tacho.
A meio da tarde, já de melhor humor, resolvi fazer tratamento ao dito tacho e não é que ficou fantástico!
Vou mostrar o antes e o depois e explicar o que fiz. 
Receita da avó.
Puz água e lixívia delicada, na proporção de 3 colheres de lixívia para 1 chávena de água e deixei ferver em lume brando durante 20 minutos.  De vez em quando com uma escova de cozinha de pelos moles, mexia o fundo do tacho e os lados. Findo esse tempo, a água estava negra e tinha vários pedaços de restos carbonizados.
Adicionar legenda
Estava francamente melhor, mas ainda necessitava de novo tratamento.
Desta vez tornei a pô-lo ao lume, com 2 colheres de sobremesa de bicarbonato de sódio para cada chávena de água, ferveu lentamente durante 15 minutos, voltei a mexer o tacho com a escova. 
Finalmente tacho novo.

VALEU A PENA


Enviar um comentário